20 poemas para o seu walkman


Você vai viajar e está voltando de viagem ao mesmo tempo. Você faz e desfaz sua mala. Você está num limbo entre ser e não ser. O nome de uma rua é uma memória feliz e algo que você não compreende. A saudade de alguém é uma saudade que você não sente, mas te consome por dentro. Qual é o alfabeto mais apropriado para usar com quem não é daqui nem de lá? Você ouve essa canção no seu walkman, no seu discman, no seu mp3, no seu celular. Você lê o livro da Marília e é um caderno de viagem de alguém que rodou o mundo, mas não tirou os pés do chão, mas rodou o mundo.

20 Poemas para o seu Walkman (★★★★)
Marília Garcia, Brasil, 2007 / Cosac Naify